O nome Pininfarina é muito respeitado na indústria automóvel, uma vez que o seu fundador assinou uma série de desportivos de sonho, a começar por uma mão cheia de Ferrari. A Automobili Pininfarina GmbH é hoje uma empresa alemã, sediada em Munique, mas nem por isso perdeu o jeito para conceber carros de sonho, como aliás o prova o novo Battista Anniversario.

O Anniversario é uma série especial do Pininfarina Battista, pois enquanto este vai ver serem fabricadas 150 unidades, o Anniversario vai estar reduzido a apenas cinco veículos, comercializados por 2,6 milhões de euros antes de impostos, o que em Portugal atira o preço para mais de 3 milhões. O modelo é elegante e agressivo, como aliás é típico nos produtos da Pininfarina, mas é o que está por baixo da bela carroçaria que torna tudo mais interessante. Ou confuso.

7 fotos

O Anniversário é essencialmente um Battista mais leve, mais agressivo, com jantes maiores e pneus mais largos. Sob  carroçaria está um chassi em fibra de carbono com muitas semelhanças com o do Rimac C_Two. Igualmente herdado do Rimac é o recurso a quatro motores eléctricos, um por roda, bem como a potência total de 1397 kW, cerca de 1900 cv. Também do Rimac, o Battista e o Anniversario herdaram o pack de baterias com 120 kWh. Ou seja, sob uma roupagem distinta, o Battista não parece diferir muito (ou mesmo nada) do Rimac C_Two.

O Battista Anniversario anuncia 350 km/h e a capacidade de ir de 0 a 100 km/h em menos de 2 segundos, mais uma vez como o C_Two, para depois anunciar uma respeitável autonomia de 500 km. Mesmo parecendo uma cópia em termos mecânicos do Rimac, não se pode deixar de admitir que o Battista Anniversario é uma bela cópia.