A Iberdrola, empresa espanhola no campo da energia, anunciou pretender contribuir para a ampliação da rede de postos de carga em Espanha. A estratégia passa pela instalação de 150.000 novos pontos de carga nos próximos cinco anos, entre AC (corrente alterna ou de carga normal) e DC (corrente contínua ou carga rápida), que serão distribuídos por estradas e auto-estradas, além de empresas e moradias.

Os objectivos da Iberdrola parecem ser bastante optimistas, uma vez que apontam para a existência de um posto de carga rápida a 50 kW a cada 50 km, de 150 kW em cada 100 km e 350 kW em cada 200 km. Isto certamente resolveria um dos principais motivos de queixa dos condutores espanhóis que pretendem adquirir um veículo eléctrico, ou seja, a falta de postos de carga.

Até aqui, a intenção da Iberdrola passava pela instalação de 25.000 pontos de carga até 2021, o que representa um salto de 600% face à meta agora anunciada, dos 150.000 pontos de recarga.

De recordar que, até ao momento, a Iberdrola apenas instalou 5000 pontos de carga, dos quais somente 400 são de carga rápida (DC). Isto prova que a tarefa prevista para 2025 é, no mínimo, ciclópica.

O anúncio do investimento na rede de carga mencionou apenas Espanha, não sendo conhecido qualquer projecto para Portugal, apesar da empresa operar no mercado português.