No Instagram, os hashtags #goingnowherebutfuckitimgettingdressed, #stayhomeandgetdressed, #alwaysplaydressup, #dressforyourself e #sdstylechallenge ganharam dimensão nos últimos dias. À medida que o mundo se isola dentro de casa, para evitar o escalar do surto de Covid-19, crescem necessariamente as manobras de distração, diversão e até de empoderamento. A roupa e os acessórios podem muito bem fazer parte do pacote.

Leandra Medine, influenciadora por trás do blogue Man Repeller, lançou o desafio no início desta semana. “Finamente a oportunidade de usar todos os visuais que habitualmente são arruinados por casacos”, escreveu no Instagram, lançado o “conciso” #goingnowherebutfuckitimgettingdressed, que já agrega mais de 300 publicações.

Mas Leandra não foi a única a ter esta ideia. Horas depois, a argentina Mariana Päraway lançava um desafio semelhante, também focado na importância de moderar o consumo e que sugere a valorização da moda em segunda mão. Reativou o hashtag #dressforyourself, na tentativa de impulsionar um novo movimento.

Na fotogaleria, reunimos algumas das imagens que têm estado a ser partilhadas no Instagram, provas de que nenhuma peça de roupa ou acessório é demasiado chique ou extravagante para ser usada durante a quarentena.