Honor Blackman, celebrizada pelo papel da Bond Girl Pussy Galore, no filme Goldfinger, morreu esta segunda-feira. A atriz britânica, que se teve o seu primeiro momento de fama nos anos 60, ao fazer de Cathy Gale na série “Os Vingadores”, somou quase 80 anos de carreira e morreu de causas naturais, garante o The Guardian.

O jornal diz ter recebido uma declaração da família que confirmava o óbito: “É com muita tristeza que anunciamos a morte de Honor Blackman, 94 anos. Ela morreu pacificamente, de causas naturais, na sua casa em Lewes, Sussex, rodeada da sua família. Ela era muito amada e os seus dois filhos, Barnaby e Lottie, e os netos Daisy, Oscar, Olive e Toby, sentirão muito a sua falta”.

Nos últimos anos, Blackman apresentava uma espécie de programa chamado “Honor Blackman As Herself”, um apanhando de memórias sobre a sua vida e subida ao estrelato.

Michael G. Wilson e Barbara Broccoli, produtores dos filmes de 007, homenagearam a atriz ao descrevê-la como um “ícone do cinema” que será “recordada para sempre como Pussy Galore em Goldfinger”. Acrescentaram ainda: “Ela era um talento extraordinário e um membro querido da família Bond. Os nossos pensamentos e orações estão com a sua família.”

Nascida na zona leste de Londres no seio de uma família de classe média — o pai era funcionário público –, Blackman sempre creditou as lições de elocução que um dia recebeu como presente de aniversário como grande responsável pela sua progressão na carreira de atriz. Depois de ter estudado na Escola de Música e Drama Guildhall, teve pequenos papéis em filmes e programas de TV como “Titanic”, “A Night to Remember” (1958) e “The Four Just Men” (1959-60).

Blackman teve de aprender judo por causa do seu papel em “Os Vingadores” e isso, juntamente com a sua pose atraente e confiante, ajudaram-na a destacar-se. Aliás, a desenvoltura de Blackman no ramo das artes marciais foram essenciais para que garantisse o papel de Pussy Galore, a vilã glamourosa que ajudou Goldfinger a roubar o Fort Knox. Lançado em 1964, Goldfinger foi o terceiro filme da saga James Bond e foi um sucesso global.

A atriz britânica chegou a dizer que se tinha arrependido de deixar “Os Vingadores” para desempenhar o papel de Bond Girl. Numa entrevista ao The Guardian chegou a dizer: “Deixei o programa no momento errado. Eles estavam a passar do preto e branco para as cores, estavam a começar a ganhar dinheiro com filmes de verdade. ”

Honor Blackman casou-se e divorciou-se duas vezes, uma com Bill Sankey e outra com Maurice Kaufmann. Com Kaufmann adoptou dois filhos, Lottie e Barnaby.