Os criadores da série documental “Tiger King”, um dos maiores êxitos televisivos deste ano, preparam uma segunda temporada centrada na dupla de mágicos Siegfried & Roy, conhecidos pelos seus espetáculos com felinos, foi anunciado na segunda-feira.

A notícia, divulgada pela revista The Hollywood Reporter, surge uma semana depois da morte do ilusionista Roy Horn, aos 75 anos, por complicações relacionadas com a Covid-19.

Horn foi notícia em todo o mundo quando em 2003 foi mordido por um tigre, durante um espetáculo no casino “Mirage”, em Las Vegas, nos Estados Unidos. O animal atacou o ilusionista, mordendo-o no pescoço, e arrastou-o para fora do palco, perante os espetadores atónitos que assistiram ao ataque.

O incidente levou ao cancelamento daquele que era um dos espetáculos mais populares em Las Vegas, mostrando animais exóticos desde 1990.

A equipa responsável pelo documentário “Tiger King”, realizado por Eric Goode e Rebecca Chaiklin, inspirou-se no mundo dos jardins zoológicos privados e da indústria do espetáculo com grandes felinos dos Estados Unidos para realizar a popular série, que acabaria, no entanto, por cativar o público, não tanto pelos tigres e leões, mas pelas polémicas e excêntricas personagens.

Com a segunda temporada centrada na dupla de mágicos, a série da Netflix regressa ao mundo dos felinos que ajudou a popularizar a primeira, naquela que foi uma das estreias mais faladas do ano.

Segundo a Netflix, 64 milhões de clientes da plataforma digital viram o documentário nas quatro primeiras semanas que se seguiram à estreia, ainda que nas contas entrem também aqueles que não foram além dos primeiros dois minutos, o tempo necessário para que a plataforma contabilize a visualização.

A atestar o interesse despertado pelo programa, Nicolas Cage deverá dar vida ao protagonista, Joe Exotic, nos oito episódios da segunda temporada, produzidos pela CBS Television Studios e a Imagine Television.

Este não é o único projeto inspirado em “Tiger King”, já que Kate McKinnon, conhecida pelo programa “Saturday Night Live”, vai interpretar, noutra série, a inimiga de Exotic, Carole Baskin.

Além disso, na semana passada, uma multidão de visitantes e turistas acorreram à reabertura do jardim zoológico de “Tiger King”, anteriormente propriedade de Joe Exotic.

O excêntrico protagonista da primeira série foi detido, depois de ter sido acusado de contratar um assassino e de ter cometido vários delitos contra a flora e a vida dos animais.