Mais de 13 mil pessoas de 10 concelhos da Área Metropolitana de Lisboa foram contactadas nos últimos três meses pelas equipas multidisciplinares criadas no âmbito do combate à pandemia de Covid-19, foi esta quinta-feira divulgado.

De acordo com uma nota da Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo (ARSLVT), entre 30 de junho e 22 de setembro, 34 equipas multidisciplinares contactaram 13.256 pessoas nos concelhos da Amadora, Lisboa, Loures, Odivelas, Sintra, Almada, Seixal, Barreiro, Moita e Setúbal.

Profissionais da saúde, Segurança Social, proteção civil/municípios e forças de segurança têm ido ao terreno sensibilizar a população para as medidas de prevenção da doença, bem como verificar e encontrar soluções para quem necessita de apoio alimentar e realojamento, o que tem tido um impacto positivo no combate à doença”, é referido no comunicado.

Além das visitas a agregados familiares, as equipas, constituídas nos Agrupamentos de Centros de Saúde (ACES) da Amadora, Lisboa Central, Lisboa Norte, Lisboa Ocidental e Oeiras, Loures-Odivelas, Sintra, Almada-Seixal, Arco Ribeiro e Arrábida, têm também visitado estabelecimentos comerciais e realizado ações de sensibilização à população.

Segundo dados da ARSLVT, os concelhos de Lisboa (com 14 equipas) e de Sintra (cinco equipas) são onde se concentram o maior número de pessoas contactadas: na capital foram alvo de intervenção 3.388 pessoas e em Sintra 4.490.

As equipas do ACES Almada-Seixal, Arco Ribeiro e Arrábida só começaram a funcionar em agosto, também de acordo com a ARSLVT.