A greve dos oficiais de Justiça atingiu esta sexta-feira 27,78% na Comarca da Madeira, correspondente a 45 dos 149 funcionários da mesma, foi divulgado.

De acordo com a Comarca da Madeira, devido à greve dos três últimos dias foram adiados dois julgamentos, um no Funchal e outro em Santa Cruz.

O Sindicato dos Oficiais de Justiça (SOJ) iniciou na quarta-feira uma greve que se prolongou até esta sexta-feira, justificando que o Governo não cumpre a lei que previa um novo estatuto profissional até fim de julho. Esta greve teve também o “apoio inequívoco” do Sindicato dos Funcionários Judiciais, que considera que os “oficiais de justiça têm todas as razões para protestar face ao comportamento/atitude do Ministério da Justiça”.

Atualmente há cerca de 7.200 oficiais de justiça nos tribunais.