O primeiro-ministro, António Costa, vai estar presente na terça-feira, no Panteão Nacional, em Lisboa, na cerimónia de homenagem à fadista Amália Rodrigues por ocasião das comemorações do centenário do seu nascimento. Segundo o executivo, esta sessão inicia-se pelas 09h30 e, no final das intervenções, está prevista a interpretação instrumental de três temas.

Os temas “Meditando”, “Com Que Voz” e “Amália” serão interpretados por Gaspar Varela (guitarra portuguesa, sobrinho neto de Amália e que tem 16 anos), Pedro de Castro (guitarra portuguesa), André Ramos (viola) e Joel Pina (viola-baixo).

A abertura oficial das Comemorações do Centenário do Nascimento de Amália Rodrigues teve lugar em Lisboa, em 1 de julho passado, estendendo-se as celebrações durante o ano de 2021. Desenvolvida no quadro de uma rede de parcerias envolvendo instituições museológicas, arquivísticas, organismos ligados ao setor audiovisual e autarquias, pretende-se com estas comemorações desenvolver “uma cooperação estratégica de salvaguarda e fruição da memória universal de Amália Rodrigues”.

O programa das comemorações tem por base programação de organismos sob tutela do Ministério da Cultura e da Câmara Municipal de Lisboa. “Com epicentro em Lisboa e estendendo-se a todo o território nacional”, a celebração do legado de Amália decorrerá, em simultâneo, no plano internacional, pretendo-se com essa dimensão, segundo a organização, “afirmar o nome de Portugal no mundo”.