O tenista português João Sousa desceu uma posição e é 81.º no ranking mundial ATP, numa semana em que procura entrar no quadro principal do torneio belga de Antuérpia, defrontando esta segunda-feira o finlandês Emil Ruusuvuori.

Desde o regresso à competição em agosto, após a paragem em março devido à pandemia da Covid-19, João Sousa tem perdido lugares na hierarquia mundial e chegou a Antuérpia após quatro derrotas consecutivas, em Roma (duas), Hamburgo e Roland Garros. No regresso, o tenista vimaranense perdeu também ao primeiro jogo em Cincinnati, no Open dos Estados Unidos e em Kitzbuehel.

Na classificação mundial esta segunda-feira divulgada, já Pedro Sousa subiu um lugar, ao 110.º posto, depois de ser finalista vencido no challenger Lisboa Belém, em que perdeu com o espanhol Jaume Munar.

O ranking mundial manteve-se esta semana quase inalterado na frente, dominado por Novak Djokovic (1.º), Rafael Nadal (2.º) e Dominic Thiem (3.º), num “top 10” com a subida única do russo Andrey Rublev ao oitavo lugar, e descidas de Diego Schwartzmann e Matteo Berrettini às nona e décima posições, respetivamente.

Na hierarquia do circuito feminino (WTA) não há alterações, depois de uma semana em que foram cancelados os torneios de Pequim, Hong Kong e Tianjin, decorrendo apenas o ‘qualifying’ de Ostrava. A australiana Ashleigh Barty, a romena Simona Halep e a japonesa Naomi Osaka ocupam o pódio do ténis feminino mundial.