Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

A Tesla esteve muito perto da falência devido ao lançamento do Model 3. A revelação foi feita pelo próprio Elon Musk no Twitter.

Questionado sobre quão perto esteve a empresa de norte-americana de falir quando avançou para a produção em massa da versão low cost do carro elétrico, o CEO da Tesla indicou que “o mais perto” que estiveram foi cerca de um mês, acrescentando que a produção e a logística do modelo foram um “inferno”.

“A produção do Model 3 foi de enorme stress e dolorosa durante muito tempo — de meados de 2017 a meados de 2019”, adiantou ainda Musk.

Recorde-se que a produção em massa do Model 3 sofreu vários contratempos, que se revelaram dispendiosos para a marca. E já não foi a primeira vez que a Tesla esteve à beira da falência, relembra o Business Insider. Em 2008, a empresa liderada por Elon Musk esteve a três dias da falência, tendo sido ‘salva’ por um investimento de última hora de 40 milhões de dólares.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

“Génio” e “louco”. Como Elon Musk se tornou no milionário que faz história no espaço

Tudo isto, contudo, são águas passadas. No terceiro trimestre de 2020, apesar da pandemia de Covid-19, a Tesla registou uma faturação de 8,7 mil milhões de dólares e um lucro de 809 milhões de dólares.

Tesla surpreende com resultados do 3º trimestre