O novo Governo dos Açores, que junta PSD a CDS e PPM, tomará posse na terça-feira, indicou esta quinta-feira a presidência da Assembleia Legislativa da região autónoma.

“A sessão solene da tomada de posse do XIII Governo Regional dos Açores terá lugar no próximo dia 24 de novembro de 2020, pelas 15h00 [locais, 16h00 em Lisboa], na sede da Assembleia Legislativa da Região Autónoma dos Açores, na cidade da Horta”, lê-se numa nota enviada à imprensa pela presidência do parlamento açoriano.

Face ao “atual contexto de pandemia que se vive na região”, é acrescentado, a cerimónia “ocorrerá de forma diferente do habitual, com um reduzido número de convidados e sem jantar oficial”.

O PS venceu as eleições legislativas regionais em 25 de outubro, mas perdeu a maioria absoluta que detinha há 20 anos, alcançando 25 dos 57 lugares da Assembleia Legislativa Regional.

PSD, CDS-PP e PPM, que juntos representam 26 deputados, anunciaram um acordo de governação e estabeleceram acordos de incidência parlamentar com o Chega e o Iniciativa Liberal (IL).

Com o apoio dos dois deputados do Chega e do deputado único do IL, a coligação de direita soma 29 deputados na Assembleia Legislativa dos Açores, número necessário para atingir a maioria absoluta.

O líder do PSD nos Açores, José Manuel Bolieiro, é o presidente indigitado pelo representante da República, tomando posse, juntamente com a sua equipa, na terça-feira.