Os modelos da Bugatti são verdadeiras preciosidades, aliando luxo, materiais nobres e mecânicas extremamente complexas e potentes. Mas se este é o standard da marca francesa do Grupo Volkswagen, o Bolide elevou o nível para um outro patamar. O motor que habitualmente fornece 1500 cv viu a potência subir para 1850 cv, enquanto o peso baixou de 2070 kg para uns muito mais “ligeiros” 1240 kg. Isto confere-lhe uma relação peso/potência invejável, como é desejável para um hiperdesportivo concebido para rodar apenas em pista.

Bugatti Bolide é um avião com 1850 cv e só 1240 kg

O Bolide, que vai ser produzido numa série limitada, poderá atingir valores próximos dos 10 milhões de euros, o que se confirmará assim que o fabricante anunciar o valor definitivo, sabendo-se que o preço dependerá da quantidade de unidades produzidas.

Mas este Bugatti já pode ser conduzido por qualquer amante de jogos electrónicos, uma vez que é a estrela do novo CSR Racing 2, a mais recente versão do Custom Street Racing. Isto quer dizer que não necessita de investir 10 milhões para se divertir com o Bolide, mas apenas possuir um smartphone.

O presidente da Bugatti, Stephan Winkelmann assegura que “os sistemas de entretenimento interactivo permitem aos fãs de todas as idades sentarem-se ao volante do Bolide e experimentar as sensações fortes que proporciona”, ainda que virtualmente.