Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

O mercado mundial de automóveis em 2020 continuou a ter no Toyota Corolla o modelo mais vendido no globo, com a entrega de 1.134.262 unidades. Um valor que lhe segurou a liderança, mas que traduz uma queda de 8,8% comparativamente aos resultados de 2019, de acordo com os dados avançados pela Focus2Move.

A ausência mais notada no top 10 é a do Golf, tradicional bestseller da Volkswagen e um habitué nas posições cimeiras das tabelas de vendas. Face a 2019, o compacto germânico viu as vendas retraírem-se 28,6%, pelo que as 492.262 novas matrículas levaram-no a cair duas posições no ranking, deixando-o na 11.ª posição.  O fabricante alemão só coloca um modelo entre os 10 mais procurados globalmente, o Volkswagen Tiguan, SUV que transaccionou 607.121 unidades, acusando a maior quebra (-18,8%) entre os 10 modelos mais vendidos no mundo.

Já a maior subida (14,4%) ficou a cargo da Nissan e do seu Sylphy/Sentra, que galgou sete lugares na tabela à conta de ter registado 544.376 vendas globais. Não é comercializado entre nós, mas trata-se de um modelo bastante popular no Japão, China e em vários mercados do sudeste asiático.

De notar ainda que, entre os 10 modelos mais procurados globalmente, seis deles são de fabricantes nipónicos. A Toyota assume claramente o domínio das preferências, ao garantir também o 2.º e o 9.º lugares na tabela. Já a Honda reclamou o 4.º e o 5.º lugares, com o CR-V e o Civic, respectivamente. Veja como fica organizado o ranking na fotogaleria.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR