Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

A Direção-Geral de Saúde indica que só na região de Lisboa e Vale do Tejo foram recentemente identificados nove surtos de Covid-19 relacionados com festas de aniversário, casamentos e outros eventos sociais. A partir de uma festa de aniversário onde foram 554 pessoas resultaram 66 casos confirmados – até agora.

Segundo o jornal Expresso, desses nove surtos identificados surgiu um total de 194 casos de infeção pelo novo coronavírus. “Desses nove surtos, dois tiveram origem em casamentos envolvendo um total de 158 pessoas, das quais 41 são casos confirmados”, disse a DGS, acrescentando que “dos surtos relacio­nados com festas e eventos sociais, o de maior dimensão corresponde a uma festa de aniversário em que estiveram presentes 554 pessoas, resultando, até ao momento, em 66 casos confirmados”.

Já tinha sido noticiado que no final de maio, um casamento com 130 convidados em Aveiras de Cima, na Azambuja, resultou em, pelo menos, em 26 casos positivos. Mais recentemente, em três casamentos na zona de Cascais deram origem recentemente a três surtos, decisivos para colocar esta semana o concelho de Cascais entre os locais situação de alerta.

E os números reais serão muito maiores, diz Vasco Ricoca Peixoto, médico interno de saúde pública citado pelo Expresso. Há uma “subdeteção de casos que já vem de trás, mas volta agora a ganhar dimensão porque os grupos não vacinados são os mais jovens, que tendem a ter sintomas ligeiros, como febre baixa, nariz entupido ou tosse ligeira, aos quais não dão importância ou atribuem a uma constipação”.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR