Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

A notícia já era esperada mas chega agora a confirmação da cidade que será a anfitriã dos Jogos Olímpicos de 2032 – o evento decorrerá em Brisbane, aquela que é a terceira cidade mais populosa da Austrália. A decisão foi confirmada esta quarta-feira de manhã depois de uma reunião do Comité Olímpico Internacional em Tóquio.

Esta é a terceira vez que a Austrália recebe os Jogos Olímpicos — o país já tinha sido sede do evento em 1956 em Melbourne e depois em 2000 novamente, mas desta vez em Sidney, tendo terminado em 3º e 4º lugares nos respetivos quadros de medalhas. O regresso ao país prevê-se agora para 2032 com a cidade de Brisbane como a contemplada pela votação dos membros do COI e anunciado agora pelo alemão Thomas Bach, que preside o Comité, em Tóquio, onde deverá arrancar a oficialmente a edição de 2020 esta sexta-feira.

O primeiro-ministro australiano Scott Morrison recebeu com agrado a notícia e afirma que o governo “está orgulhoso em apoiar” esta oportunidade.  “Os Jogos vão apoiar o crescimento económico e o investimento, vão proporcionar benefícios duradouros à comunidade e vão inspirar a próxima geração de atletas australianos”, fez saber em comunicado, citado pelo The Sydney Morning Herald.  “É um dia histórico não apenas para Brisbane e Queensland, mas para todo o país”, disse ainda. “Apenas as cidades globais podem garantir os Jogos Olímpicos, então este é um reconhecimento adequado para a posição de Brisbane na nossa região e no mundo”.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

A votação teve 72 votos a favor e 5 contra, como demonstra a folha apresentada pelo Comité.

Estima-se que as Olimpíadas de 2032 na capital de Queensland custem mais de 4 mil milhões de euros, segundo o Guardian, esperando-se que grande parte do valor seja recuperado através da venda de bilheteiras, patrocínios e direitos de transmissão televisiva.

Já este ano, o COI tinha definido Brisbane como “cidade favorita” para receber os Jogos de 2032, como parte de um novo processo de candidatura e seleção de organizadores. Depois de Tóquio e até Brisbane, os Jogos Olímpicos vão decorrer em Paris, em 2024 e Los Angeles em 2028.