Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

O St. James’ Park, em Newcastle, não recebeu apenas o Tottenham de Nuno Espírito Santo este domingo. Recebeu também os novos donos do clube da casa, que foi comprado há menos de duas semanas por um consórcio cujo dinheiro e consequentes ações compradas é 80% do Public Investment Fund (PIF), um organismo da Arábia Saudita que pode ser traduzido à letra como um “fundo de investimento público” da coroa daquele país, que chegou assim à Premier League através do Newcastle, com o consórcio a pagar cerca de 350 milhões de euros ao antigo dono, o muito criticado Mike Ashley. O mesmo que chegou a chamar “perda de tempo” a Amanda Staveley, da PCP Capital Partners, que é agora apenas a CEO do clube do nordeste de Inglaterra.

Um negócio semelhante já tinha sido tentado há cerca de ano e meio, mas apenas agora a Premier League considerou que a coroa saudita em si não vai ter qualquer influência no Newcastle, ao contrário do que se passou anteriormente.

Além de Amanda Staveley, estava ainda na bancada Yasir al-Rumayyan, um antigo banqueiro de 51 anos e pessoa muito influente no mundo saudita, escolhido a dedo pelo príncipe herdeiro Mohammed bin Salman para ser o responsável pelo PIF.

O saudita Yasir al-Rumayyan e a CEO Amanda Staveley

E Staveley e Yasir al-Rumayyan festejaram efusivamente quando o Newcastle, através do avançado Callum Wilson, se colocou na frente do marcador logo aos 2′, para gáudio dos adeptos dos magpies, que têm festejado e muito a compra do clube por parte dos novos donos, havendo na altura uma pequena festa à porta do St. James’ Park, e este domingo alguns fãs com indumentária que faz certamente lembrar a Arábia Saudita.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

O jogo estava bom e complicou rapidamente para o Tottenham, que entrava assim praticamente a perder, mas conseguiu dar a volta ao marcador em apenas cinco minutos, com um golo de Ndombele, aos 17′, e uma grande finalização de Harry Kane, aos 22′, a completar então o 2-1. Kane, figura maior dos spurs e capitão da seleção inglesa vice-campeã no Euro 2020, ainda não tinha marcado nesta temporada da Premier League e o seu (bonito) golo foi muito festejado pelos colegas.

Por volta dos 40′, o que se passava em St. James’ Park deixou de ser sobre futebol. Os jogadores, principalmente através de Reguilon, defesa esquerdo do Tottenham, que falou muito com o árbitro, alertaram para uma situação na bancada. Pediram a ação das equipas médicas porque havia realmente uma emergência médica com um adepto. A realização não mostrou imagens, como é costume, e os jogadores foram para os bancos. Passados alguns minutos, o árbitro Andre Marriner mandou toda a gente para os balneários e suspendeu o jogo. A Premier League informou apenas que havia uma “situação médica” na bancada, com os atletas a voltarem ao relvado passados cerca de 10 a 15 minutos, com a pessoa em questão, que teve necessidade de “ajuda médica urgente” a sair do estádio “estável e a caminho do hospital”, como informou o Newcastle nas redes sociais.

Os cerca de 10′ que ainda foram jogados na primeira parte ainda viram um golo de Son, quando o sul-coreano se limitou a encostar um cruzamento de Harry Kane após uma excelente jogada coletiva dos pupilos de Nuno Espírito Santo. Estava feito o 3-1 para o Tottenham antes do intervalo.

No segundo tempo, o Newcastle entrou com mais vontade, mas não estava a ser suficiente, perante um Tottenham que foi controlando o jogo com alguma facilidade e até ficou, em cima do final, a jogar com mais um homem após expulsão de Shelvey. No entanto, o futebol tem destas coisas e Eric Dier fez autogolo aos 89′, deixando o público do Newcastle de novo com alguma esperança. No entanto, com menos um homem era muito difícil para os magpies e a equipa de Londres conseguiu controlar o jogo e a vantagem até final.

O conjunto orientado por Nuno Espírito Santo vence de forma justíssima e tem a boa notícia de Kane se ter reencontrado com os golos no campeonato.

Já no Newcastle, que continua sem ganhar, o posto do treinador Steve Bruce (fez este domingo o jogo 1000) tem sido colocado em causa e são já muitos os rumores na imprensa de novos candidatos ao cargo. Por seu lado, os novos donos não estavam tão sorridentes no fim do jogo como aquando do golo logo aos 2 minutos…