José Augusto Filho

Convidado

Artigos publicados

Novo Acordo Ortográfico

Uma comunidade às avessas

239
Da forma em que foi conduzido, o Acordo serve mais para enfraquecer a língua de Camões do que para disseminá-la. Quanto aos ganhos políticos e económicos esperados, foram até agora praticamente nulos.
Brasil

O populismo nosso de cada dia

101
Enquanto os planos de recuperação económica não surtem efeito, Bolsonaro tenta governar acima das instituições democráticas adotando um presidencialismo plebiscitário tipicamente populista.
Lusofonia

Multilateralismo vacilante da comunidade lusófona

136
A distância que impede o Português de rivalizar com o soft power dos mundos de língua inglesa ou francesa não é o único obstáculo à lusofonia. Há outro obstáculo estrutural: o regresso do unilateralismo
Brasil

Os profissionais e a várzea

122
Para ter chance de êxito, Bolsonaro deve parar de criar constrangimentos para si próprio, neutralizar os radicais “olavetes” e assumir o papel de principal articular político do governo.
Venezuela

Duelo de Titãs

A presença de Rússia e China no tabuleiro caribenho endurece o jogo para os Estados Unidos e seus aliados, Brasil inclusive, que passaram a tratar a questão com maior cautela.
Brasil

A hora da verdade

111
Com o Congresso sob comando de aliados, o governo Bolsonaro depende apenas de si para dar certo. Desorientada em seu labirinto de erros, a esquerda não consegue alinhar uma estratégia de oposição.
Brasil

Abertura, liberdade e obediência às normas

Sob arranjos multilaterais e sem compromisso com o ranço ideológico de governos passados, Bolsonaro adota princípios liberais de política exterior para integrar a economia do país ao mundo.
Venezuela

O ditador, os tiranetes e a ópera bufa autoritária

180
A posse de Maduro foi uma encenação do que restou de mais farsesco, autoritário e mofado no cenário político mundial. Numa peça de humor sem graça, o PT foi representado pela presidente do partido.
Brasil

Bolsonaro coloca superministérios em marcha

168
Na montagem do governo, o novo presidente elegeu duas pastas que podem responder pelo sucesso ou fracasso de sua administração. No comando dos superministérios, nomes de reconhecida capacidade técnica
Brasil

Agora é com Bolsonaro

124
Assombrado pelo imbróglio envolvendo seu filho, Jair Bolsonaro inicia mandato tendo que se esquivar dos obstáculos lançados no caminho pelos adversários para minar seu governo.
Brasil

O vale-tudo da resistência lulopetista

210
Nos dois meses que separam a eleição da posse do novo presidente, os sobreviventes do tsunami eleitoral blindam-se e o Judiciário destaca-se quando o tema é garantir privilégios e proteger os amigos.
Brasil

Bolsonaro e o desmonte do mecanismo lulopetista

237
Ao montar seu governo, o futuro presidente promete domar o Estado empresário interventor com a adoção do liberalismo econômico. Na guerra contra o marxismo cultural a arma será o conservadorismo.
Eleições no Brasil

A agonia da esquerda brasileira

1366
O colapso do lulopetismo levará para o limbo boa parte do sistema político brasileiro, organizado a partir das posições de um PT que nas últimas décadas foi a principal força de esquerda no continente
Eleições no Brasil

O dia depois de amanhã. Faltou combinar com russos

191
O resultado da primeira volta das eleições no Brasil pintou um quadro fiel da derrota do lulopetismo. A partir de 2019, o país tem um encontro marcado com o seu tradicional conservadorismo.
Brasil

A política da miséria e a miséria da política

173
Na que já é a eleição mais conflagrada desde a redemocratização de 1989, o ambiente de polarização ideológica, planejado por Lula, permite ao Brasil contratar pelo menos mais quatro anos de crise.
Brasil

Não verás país nenhum /premium

196
Num país em que a média escolar da classe dirigente, tal como da elite empresarial, é de dez anos e a educação superior está subordinada a uma ideologia radical, vai faltar museus para serem queimados
Brasil

Brasil marcha trôpego rumo às urnas

153
Capturadas por uma elite exclusivista entrincheirada no poder há séculos e sem vontade de se autorreformar, as frágeis instituições do Brasil indicam que o país continuará a ser um gigante adormecido.
Relações Internacionais

Trump e Putin juntos para o fim da ordem liberal

142
A contribuir para agravar a erosão da ordem liberal, Trump não perde oportunidade de semear mais discórdia e permitir o fortalecimento da narrativa do Kremlin sobre a debilidade dos valores ocidentais
A página está a demorar muito tempo.