iPhone

O que sabemos (e esperamos) do novo iPhone

iPhone com duas câmaras principais, o fim dos auscultadores com fio, mais velocidade e memória de armazenamento? O Observador reuniu algumas das novidades que deverão ser anunciadas esta quarta-feira.

A Apple realiza esta quarta-feira o seu principal evento anual: a apresentação do novo iPhone

Getty Images

Resistência à água, câmara principal dupla, fim dos auriculares com fio, um modelo azul e uma aplicação que controla os objetos da casa. O principal evento anual da Apple não seria o mesmo sem os rumores e especulações que antecedem o anúncio do novo iPhone.

Entre todas as informações (não oficiais) avançadas até ao momento, há um ponto em comum: o novo modelo da Apple não deverá introduzir nenhuma grande novidade no seu desenho em relação ao iPhone 6 e 6S. Espera-se que as maiores mudanças sejam guardadas para 2017, quando o iPhone comemora o décimo aniversário do seu lançamento.

E como a Apple pretende conquistar o público este ano e travar a queda de vendas dos seus aparelhos? O Observador reuniu o que se sabe (e espera) sobre os novos produtos que deverão ser apresentados esta quarta-feira. A Apple tem a fama de ser boa a guardar segredos, mas, nos últimos anos, os rumores têm sido cada vez mais certeiros.

Câmara dupla

Fontes citadas pelo site 9to5mac afirmam que o novo iPhone vai contar com duas câmaras frontais, que vão capturar simultaneamente a mesma imagem mas, claro, com melhor qualidade. De acordo com a publicação, a combinação das duas câmaras vai permitir que os utilizadores possam fazer zoom, com melhor luz e brilho. Também será possível registar a mesma imagem a partir de dois ângulos diferentes. Os dispositivos deverão ainda estar equipados com um estabilizador de imagem, mas disponível apenas no iPhone 6s Plus.

O 9to5mac revela, no entanto, que esta novidade deverá estar disponível apenas na versão Plus do novo iPhone, enquanto a versão de 4,7 polegadas deverá receber melhorias apenas no que diz respeito à qualidade das imagens.

Melhor qualidade de vídeo

Com uma câmara fotográfica e uma câmara de vídeo mais potentes, o novo iPhone deverá ser capaz de gravar vídeos em resolução 4K a 60 frames por segundo, o que dará mais definição ao resultado final. O atual modelo 6S permite a gravação de vídeo 4K (UHD) a 30 frames por segundo, enquanto a opção a 60 frames está apenas disponível para gravação de vídeo em 1080p HD.

Mais memória de armazenamento e mais velocidade

As duas câmaras frontais e o vídeo em resolução 4K a 60 frames por segundo deverão ser acompanhadas pela expansão da memória de armazenamento. O site Techcrunch relata que os novos modelos do iPhone deverão oferecer capacidade até 256GB, o que representa o dobro da versão mais cara do iPhone 6S Plus, que traz como opções 16 GB, 64 GB e 128 GB de memória interna — vai ser desta que a Apple deixa cair os sempre curtos 16GB, passando a oferecer de base 32GB.

Outra novidade deverá ser o upgrade no modelo 7 Plus para os 3GB de memória RAM, enquanto o iPhone 7 deverá manter-se com 2GB. Um novo processador a 2.45GHz farão destes os iPhones mais rápidos de sempre.

O novo botão “Home”

O botão “Home” deverá mudar para dar uma resposta táctil mais directa ao utilizador, ao tornar-se uma espécie de superfície de contacto similar ao trackpad dos últimos modelos do MacBook. Assim, deixa de ser necessário pressionar um botão físico para acionar funções do dispositivo.

Algumas fontes avançam que esta (eventual) mudança vai permitir tornar o smartphone mais resistente à água. Contudo, há analistas que afirmam que este novo botão deverá aparecer apenas no próximo ano.

O fim dos auscultadores com fio

Os novos modelos do iPhone deverão marcar o princípio do fim da utilização de auscultadores com fio nos produtos Apple. De acordo com o site Mashable, a Apple pretende massificar a utilização de auscultadores sem fio, que se ligam por Bluetooth, dispositivos cada vez mais comuns no mercado.

Isso significa o desaparecimento do encaixe da ficha de 3,5mm no corpo do aparelho. O espaço “extra” pode ser usado para a introdução de um segundo altifalante e também para permitir a redução da espessura do iPhone.

O Mashable avança ainda que deverá ser lançado um adaptador para ligar os auscultadores com fio ao novo dispositivo, um “extra” que deverá vir incluído em todas as caixas dos novos iPhone 7. É um passo gigantesco e é quase certo que a Apple não vai arriscar deixar os utilizadores sem uma opção imediata — até porque a maior parte dos auscultadores de alta-fidelidade têm tomadas tradicionais jack 3,5 mm.

Um desenho parecido com o iPhone 6, mas à prova de água

Com exceção do novo botão “home” e da ausência do conector para os auscultadores, os novos iPhone não deverão ter grandes novidades no seu desenho em relação aos modelos 6 e 6 Plus. Uma das poucas diferenças está no fim das linhas de antena, que poderá fazer com que o aparelho tenha o fundo com tom uniforme. Nas cores, há rumores que indicam o lançamento de um modelo mais negro e, inclusive, de um azul. Os iPhone 6 e 6s tinham apenas quatro possibilidades de cor: prateado, space grey (um cinzento-escuro), dourado e cor-de-rosa-dourado.

A aparência mais conservadora do novo iPhone será compensada com a resistência à água, como já acontece com vários outros telemóveis de marcas rivais, e com um material mais resistente a quedas.

iOS 10

Com cada novo iPhone sai um novo sistema operativo. É, por isso, quase certo que a Apple faça o lançamento, esta quarta-feira, do iOS 10, que apresenta algumas alterações importantes na gestão, segurança e no interface de utilização. Um exemplo é a maneira de desbloquear o telemóvel, que não deverá mais permitir o movimento de deslizar o dedo sobre o ecrã, segundo conta a Business Insider. O ecrã do dispositivo, no entanto, passará a exibir as chamadas perdidas de aplicações como o Whatsapp ou Messenger, como se fossem ligações telefónicas.

Outra característica que deverá ser introduzida é a possibilidade de apagar aplicações pré-instaladas do iPhone, como Contactos, Tempo, Clima, Wallet e Vídeos.

A Siri, o assistente virtual do sistema operativo da Apple, deverá ganhar uma nova versão, que permitirá a integração com outras aplicações. Algumas das opções que deverão estar disponíveis são o Uber, WhatsApp, Pinterest, Instagram, PayPal, Skype e Facebook Messenger — todos controlados por comandos de voz.

A revista Time avança que o iOS 10 deverá contar ainda com a Home App, uma aplicação que poderá controlar diversos objetos da casa, como portas, janelas, lâmpadas e controladores de temperatura. Mais um passo em direção à Internet das Coisas.

E com o que mais a Apple nos pode surpreender este ano?

  • Apple Watch 2: o novo “relógio inteligente” da Apple poderá contar com um novo processador, mais impermeabilidade, GPS integrado, ecrã mais leve, tecnologia 3D Touch e mais aplicações que tornarão o dispositivo mais independente em relação ao iPhone.
  • iMac: o novo modelo de 21.5 polegadas poderá ter resolução de 5K, com uma melhor placa gráfica.
  • MacBook Air: deverá trazer reconhecimento por impressão digital, bateria com maior autonomia e portas USB-C.

Mais logo, estaremos aqui, em direto, para acompanhar o lançamento dos novos iPhone 7. Enquanto espera, veja aqui a evolução dos telemóveis em 29 imagens e descubra se se lembra de algum destes tijolos.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

Ligue-se agora via

Facebook Google

Não publicamos nada no seu perfil sem a sua autorização. Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

E tenha acesso a

  • Comentários - Dê a sua opinião e participe nos debates
  • Alertas - Siga os tópicos, autores e programas que quer acompanhar
  • Guardados - Guarde os artigos para ler mais tarde, sincronizado com a app
  • Histórico - Lista cronológica dos artigos que leu unificada entre app e site