Nações Unidas

Costa discursa quarta-feira perante Assembleia Geral da ONU e reúne-se com Guterres

António Costa vai discursar na quarta-feira na Assembleia Geral da ONU. Nessa mesma manhã vai também reunir com o secretário-geral da organização, António Guterres.

António Costa parte na segunda-feira ao fim da manhã para Nova Iorque

PAULO CUNHA/LUSA

O primeiro-ministro vai discursar na quarta-feira, em Nova Iorque, na 72ª Assembleia Geral das Nações Unidas, dia em que também tem agendada uma reunião logo ao início da manhã com o secretário-geral da organização, António Guterres. Fonte oficial do Governo disse que António Costa parte na segunda-feira ao fim da manhã para Nova Iorque, onde estará três dias, sendo acompanhado pelo ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva.

Na terça-feira, o primeiro-ministro estará na sessão de abertura da 72ª Assembleia Geral das Nações Unidas e num almoço oferecido pelo secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, a todos os chefes de Estado e de Governo presentes em Nova Iorque. Na quarta-feira, António Costa é recebido por António Guterres logo ao início da manhã e deverá discursar perante a 72ª Assembleia da Geral da ONU pelas 12h15 locais (mais cinco horas em Lisboa).

Na qualidade de primeiro-ministro, António Costa já esteve em Nova Iorque em dezembro passado, deslocação em que esteve acompanhado pelo Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, para estar presente na cerimónia de juramento do antigo chefe do Governo português (1995/2002) como secretário-geral das Nações Unidas. Nessa altura, o primeiro-ministro considerou que a eleição de António Guterres representava em primeiro lugar responsabilidades acrescidas ao nível da política externa nacional.

Portugal tem o dever de estar na primeira linha do respeito e defesa dos valores da paz, da segurança, dos direitos humanos, do desenvolvimento sustentável e da igualdade de género, ajudando António Guterres a cumprir este mandato no quadro das Nações Unidas”, disse.

Interrogado sobre os desafios que se colocam a António Guterres como secretário-geral das Nações Unidas, Costa respondeu: “Maiores os desafios, maiores se revelam os homens”.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Identidade de Género

Totalitarismo

Paulo Tunhas

Age-se como se cada um fosse como um camaleão, pronto a se metamorfosear naquilo a que aspira. Podemos descer na escala dos seres até aos animais ou tornarmo-nos divinos, de acordo com a nossa vontade

Banca

O BES e o novo modelo de supervisão

Helena Garrido

Os casos BES e Banif não teriam acontecido se já tivéssemos o novo modelo de supervisão bancária em discussão pública? As arquitecturas de governação não mudam as pessoas nem alteram os incentivos.

Só mais um passo

Ligue-se agora via

Facebook Google

Não publicamos nada no seu perfil sem a sua autorização. Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

E tenha acesso a

  • Comentários - Dê a sua opinião e participe nos debates
  • Alertas - Siga os tópicos, autores e programas que quer acompanhar
  • Guardados - Guarde os artigos para ler mais tarde, sincronizado com a app
  • Histórico - Lista cronológica dos artigos que leu unificada entre app e site