Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

A Espírito Santo Financial Group (ESFG) indicou o nome do antigo presidente da Portucel, José Honório, para a administração do Banco Espírito Santo (BES), que será votado na reunião do órgão de gestão da instituição financeira que será realizada até dia 28 deste mês. Fonte próxima do futuro líder executivo do BES disse ao Observador que a opção por este gestor foi uma escolha de Vítor Bento.

“Na sequência das propostas anteriormente apresentadas, e com vista a reforçar a independência do Conselho de Administração do BES, a ESFG decidiu solicitar ao Conselho de Administração do BES, na reunião a realizar até ao dia 28 do corrente mês de Julho, para além das cooptações já previstas, também a do Dr. José Alfredo de Almeida Honório, para exercer o cargo de membro do Conselho de Administração”, diz o ESFG em comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

O nome de José Honório, que deixou a Portucel em fevereiro e chegou a ser administrador não executivo dos CTT, foi noticiado recentemente pelo Diário Económico como tendo sido recrutado por Ricardo Salgado para aconselhar na reestruturação do GES.

Para além deste ponto, a holding que gere as participações financeiras do GES (incluindo o BES) também pede uma alteração para estipular que o vice-presidente da comissão executiva passará a substituir o presidente da comissão executiva, que será Vítor Bento, na sua ausência.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR