O Jornal de Notícias (JN), do grupo Controlinveste Conteúdos, revelou esta segunda-feira que, a partir do dia seguinte, Manuel Tavares deixará de ser diretor do título. A empresa adiantou que chegou sobre os termos da rescisão do contrato com o jornalista, que assumira a direção da publicação em 2011.

Em nota publicada no site do JN, o diário avançou que a direção será assumida interinamente por Alfredo Leite, até à data diretor-adjunto. “Além de Manuel Tavares, também Fernando Santos, atual diretor-adjunto, chegou a um entendimento com a administração tendo em vista a sua saída”, adianta o JN.

Diretor do JN desde 2011, Manuel Tavares foi durante cerca de 10 anos diretor do jornal desportivo O Jogo, título do mesmo grupo de comunicação social.

A administração da Controlinveste Conteúdos revelou ainda que “aceitou o pedido do antigo diretor Manuel Tavares para a cessação da sua colaboração com o grupo e expressa os mais sinceros agradecimentos pelo seu profissionalismo, lealdade e empenho, primeiro como diretor do jornal O Jogo e nos últimos três anos como diretor do Jornal de Notícias, desejando-lhe todo o sucesso pessoal e profissional no futuro”, o mesmo acontecendo com Fernando Santos.

A administração “manifesta a sua total confiança no novo diretor interino e na sua equipa editorial para prosseguir o seu trabalho de forma profissional e independente”, adianta o JN, que refere que a direção do JN integra ainda os subdiretores Paulo Ferreira e Jorge Fiel.

A Controlinveste Conteúdos está com uma nova administração há cerca de quatro meses e uma das medidas tomadas foi a de redução de pessoal, com o objetivo de alcançar o equilíbrio financeiro do grupo, tendo avançado com um despedimento coletivo de 140 trabalhadores.