Um voo da TAP com destino a Luanda, em Angola, regressou esta sexta-feira ao aeroporto da Portela, em Lisboa, uma hora depois de ter descolado, devido a problemas técnicos. Trata-se do sexto incidente com aviões da TAP em pouco mais de dois meses.

O avião Airbus A340-300, voo TP287, partiu de Lisboa as 14:04 com destino a Luanda e foi obrigado a regressar ao aeroporto uma hora depois devido a uma avaria no sistema hidráulico. “O aparelho já seguia viagem quando foi detetado uma problema no sistema hidráulico, e por isso o avião regressou a terra para ser verificado”, explicou António Monteiro, porta-voz da TAP.

O regresso do avião ao aeroporto de Lisboa provocou o encerramento da pista durante 50 minutos e levou ao reencaminhamento dos outros voos para o aeroporto de Faro, noticiou o site News Avia. A avaria forçou o avião a largar combustível no mar para poder realizar uma aterragem em segurança.

Um voo marcado para as 18:35 levará os cerca de 270 passageiros ao seu destino, segundo o site da ANA Aeroportos.

Entre 1 de junho e 30 de julho, a TAP cancelou 468 voos, cinco deles devido a avarias, o que equivale a uma taxa de cancelamentos de 2,3% nos últimos dois meses, de acordo com os números divulgados pela companhia aérea portuguesa a 5 de agosto.