Uma mulher-bomba realizou um ataque suicida nesta tarde a uma esquadra da polícia na cidade de Istambul, na Turquia. O atentado matou um agente da polícia e deixou outro ferido, avançou a BBC.

De acordo com Vasip Sahin, governador da cidade de Istambul, o alvo era o centro turístico de Sultanahmet, próximo da Mesquita Azul e da Basílica de Santa Sofia. Sahin afirmou que a mulher entrou na esquadra da polícia dizendo ter perdido a sua carteira, em inglês, antes de detonar a bomba. A polícia isolou a área e fechou temporariamente o transporte público na zona em redor de Sultanahmet.

https://twitter.com/CNNTURK_ENG/status/552502301181886464

Ainda não se conhece a identidade ou a nacionalidade da mulher e nenhum grupo terrorista confirmou a autoria do ataque. No entanto, um vídeo que está a ser emitido pelas televisões do país mostra uma mulher a entrar na esquadra com as mãos nos bolsos, minutos antes do atentado.

Este foi o segundo atentado na Turquia em menos de uma semana. Na última quinta-feira, a polícia do país prendeu um homem que tentou lançar granadas em Dolmabahce Palace, uma atração turística no coração de Istambul a poucos metros do escritório do primeiro-ministro, Ahmet Davutoğlu. A granada não detonou e o homem foi encontrado com uma arma depois de ter sido detido. A polícia investiga se há relação entre os dois eventos.