Os óculos escuros enormes tapam as rugas dos olhos mas não restam dúvidas: é Joan Didion a cara da nova campanha da Céline.

Celine - Joan Didion

© Celine (divulgação)

Aos 80 anos, a autora de “O Ano do Pensamento Mágico” foi fotografada no seu apartamento no Upper East Side com um dos acessórios que se tornaram a sua imagem de marca e as reações não se fizeram esperar: viva a Céline por ir buscar uma das maiores escritoras norte-americanas vivas, abaixo a Céline por pôr uma lenda literária a vender acessórios.

Polémicas à parte, uma nova tendência parece ter chegado ao mundo da moda. Dias depois da campanha da marca francesa ser apresentada, a Yves Saint Laurent anunciou que Joni Michell, de 71 anos, é a nova cara do Saint Laurent Music Project.

Joni Mitchel Saint Laurent

© Saint Lourent (divulgação)

Já a Dolce & Gabanna apresentou a sua campanha de primavera/verão 2015 com três senhoras de idade sentadas com os acessórios da marca ao colo, onde mais provavelmente imaginaríamos camisolas a serem tricotadas para os netos.

Dolce & Gabbana

© Dolce & Gabbana (divulgação)

Também na área da beleza, as rugas estão a dividir espaço com as peles imaculadas, sobretudo depois de Helen Mirren, de 69 anos, se ter juntado a Jane Fonda, de 77, como uma das caras da L’Oreal, e de Jessica Lange, de 64, ser escolhida para a Marc Jacobs Beauty.

Numa altura em que tanto se fala de envelhecimento ativo, e depois de tantos anos de eterna adolescência, a moda parece querer provar que a terceira idade está lentamente a deixar de estar em terceiro plano.