A Comissão de Trabalhadores (CT) da Portugal Telecom solicitou esta sexta-feira, “com caráter de urgência”, reuniões ao presidente da empresa e ao ministro da Economia para analisar a situação na companhia e tentar alcançar um “acordo social”.

Em comunicado enviado às redações, a CT informa que decidiu pedir estas reuniões “no seguimento de informação relevante divulgada na quinta-feira pela Portugal Telecom SGPS (PT SGPS) […] para analisar a situação da empresa, as informações tornadas públicas, a intervenção da CMVM e a assembleia de acionistas que vai ser retomada no próximo dia 22 de janeiro “.

A PT SGPS divulgou na quinta-feira à noite informação aos acionistas, que tinha sido pedida pela Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) para esclarecer os acionistas até à assembleia-geral de 22 de janeiro, na qual será votada a venda da PT Portugal, atualmente nas mãos da Oi, aos franceses da Altice.