As autoridades da Malásia detiveram três pessoas que tinham planeado viajar para a Síria para alegadamente se juntarem ao grupo Estado Islâmico (EI), informou hoje a imprensa local.

A divisão antiterrorista da polícia da Malásia deteve os indivíduos, com idades entre 25 e 30 anos, no dia 7 de janeiro, no aeroporto internacional de Kuala Lumpur. Os detidos planeavam juntar-se às atividades do EI na Síria, informou a polícia, de acordo com agência Bernama.

Os indivíduos detidos também são suspeitos de recrutarem e enviarem outros três cidadãos da Malásia através de um país terceiro, disse à imprensa o inspetor-geral da polícia, Khalid Abu Bakar.