Treze vítimas, incluindo dois menores de idade e duas mulheres, perderam a vida num ataque perpetrado por helicópteros do governo, que lançaram barris de explosivos contra zonas habitadas em Al Hula, na província de Homs. As restantes vítimas pereceram num bombardeamento levado a cabo por aviões militares contra a zona industrial de Tel Refaat, na província de Aleppo.

Segundo estatísticas publicadas há dois dias pelo Observatório, as autoridades lançaram nos últimos três meses 5.012 ataques aéreos em diferentes províncias. Pelo menos 1.057 civis, incluindo 239 menores, morreram nesses ataques.

Mais de 200.000 pessoas morreram desde o início do conflito na Síria, em março de 2011, segundo as Nações Unidas.