Já reparou que passaram três semanas desde que começou o novo ano? Como estão as resoluções sobre fazer mais exercício em 2015? Se o tempo não abunda pode tentar fazer uns exercícios em casa, gastar sete minutos a realizar exercício físico intenso ou dar um passeio diariamente. De facto, um estudo britânico, publicado na revista científica American Journal of Clinical Exercise, mostrou que 20 minutos de caminhada todos os dias ajuda a reduzir o risco de uma morte precoce.

Os autores do estudo concluem que “um esforço para encorajar mesmo os pequenos aumentos na atividade em indivíduos sedentários pode ser favorável à saúde pública.” O estudo, que incluiu 334 mil cidadãos de nove países europeus, verificou que uma caminhada diária de 20 minutos pode ajudar a melhorar o nível de saúde de todas as pessoas e não apenas daquelas que têm excesso de peso.

Os participantes, com uma média de idades superior a 50 anos quando começaram a ser seguidos pela equipa, foram acompanhados ao longo de cerca de 12 anos. A atividade física, ainda que moderada, mostrou-se benéfica em todos os casos, mas em especial naqueles em que as pessoas não tinham excesso de peso. Se ao problema da inatividade física se junta a obesidade, outros comportamentos além do exercício terão de ser adotados.

O estudo refere que a falta de atividade física pode causar o dobro das mortes comparativamente com a obesidade, mas falta explicar que outros motivos podem causar doenças e morte prematura em pessoas inativas, tais como o tabagismo, alcoolismo, má alimentação ou maus hábitos de sono.