A ministra do Meio Ambiente do Brasil, Izabella Teixera, qualificou na sexta-feira de “sensível” e “preocupante” a situação de escassez de água que atravessa o sudeste país e pediu aos cidadãos para pouparem recursos hídricos e energéticos.

“O que está a acontecer no sudeste é totalmente atípico. (Os níveis dos reservatórios) estão abaixo dos do ano passado e dos registados desde a década de 1930”, afirmou a ministra numa conferência de imprensa em Brasília.

A titular da pasta do Meio Ambiente participou na sexta-feira numa reunião com representantes de sete ministérios para analisar a situação energética e hídrica do sudeste do país, onde os reservatórios se encontram nos níveis mínimos devido à fraca pluviosidade.

“Estamos a acompanhar e monitorizar. Temos um problema sensível, complexo, e necessitamos da colaboração de todos. Todos têm de poupar água, poupar energia”, disse.