O sérvio Novak Djokovic venceu este domingo pela quinta vez o Open da Austrália e conquistou o seu oitavo título de torneios do ‘Grand Slam’, ao derrotar na final o britânico Andy Murray.

Na sua quinta final em Melbourne, o número um mundial impôs-se em quatro ‘sets’, com os parciais de 7-6 (7-5), 6-7 (4-7), 6-3 e 6-0, após três horas e 39 minutos de encontro, e estabeleceu um recorde de triunfos neste torneio na ‘era open’.

Murray, número seis do ‘ranking’ mundial, continua sem conseguir vencer o Open da Austrália, contabilizando quatro finais perdidas, das quais três perante Djokovic.