535kWh poupados com o Logótipo da MEO Energia Logótipo da MEO Energia
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Reduza a sua pegada ecológica.
Saiba mais

Logótipo da MEO Energia

Adere à Fibra do MEO com a máxima velocidade desde 32.99/mês aqui.

Um "Atlas da Beleza" que nos mostra mulheres lindas. Simples. E de todo o mundo.

Este artigo tem mais de 5 anos

É o projeto ambicioso de uma jovem fotógrafa romena: fazer um Atlas de Beleza de todo o mundo, fixando os rostos e as expressões de mulheres das mais diferentes culturas. Sem cosméticas.

20 fotos

Mihaela Noroc tem 29 anos, é romena, e alimenta um sonho: capturar a beleza das mulheres de todo o mundo. De todas as culturas. De todas as mestiçagens. Já andou por 37 países e aquilo a que chamou “The Atlas of Beauty”, o Atlas da Beleza, começa a tomar forma.

O projeto é ousado e implicou alguma coragem, pois Mihaela optou por deixar o seu emprego e partir para uma viagem à volta do mundo em busca de mulheres bonitas e tão diferentes como podem ser os diferentes povos e as diferentes culturas. Nos países por onde já passou procurou sempre fotografar as mulheres no seu ambiente – a sua casa, a sua rua, a sua aldeia ou a sua cidade, o seu jardim ou a sua montanha.

E, de facto, não ficam dúvidas depois de olhar para o trabalho que Mihaela tem vindo a divulgar através do seu site e das contas no Facebook, Instagram e Tumblr. A beleza está mesmo na diversidade. E pode ser fixada tanto num encontro curto, de apenas 30 segundos, como numa sessão fotográfica mais longa.

“Umas vezes basta-me encontrar uma mulher interessante, na rua, por acaso do momento. Outras vezes combino com elas através das redes sociais e posso passar uma hora a fotografá-las”, conta a fotógrafa romena.

A beleza, escreveu ela no site Bored Panda, “está nos olhos de quem vê”, tal como “não é uma questão de tamanho ou de cosmética”.

Sendo assim, porque é que só fotografa mulheres jovens? A dúvida já lhe foi colocada, mas Mihaela Noroc tem uma justificação, como relata o Daily Mail: “O meu objectivo tem sido colocar lado a lado rostos que possam ser comparados, e para que a comparação fosse possível tive de escolher uma faixa etária, aquela que é também a minha. Mas a beleza não está na idade, está mais em ser-se natural e franca”.

Mas nada como ver a forma como Mihaela Noroc apresenta o seu trabalho no seu site, The Atlas of Beauty:

http://instagram.com/p/y87eD3H0zo/?modal=true&utm_source=partner&utm_medium=embed&utm_campaign=photo

Beleza significa diversidade e viajei pelo mundo para a descobrir. Da Europa Ocidental à África tribal, do Rio de Janeiro à China. Procurar captar, nas minhas fotos, rostos naturais e diferentes.

View this post on Instagram

#TheAtlasofBeauty in #Iran

A post shared by The Atlas Of Beauty (@the.atlas.of.beauty) on

Na minha opinião, a beleza significa manter vivas as nossas origens e a nossa cultura. Ser natural, sincera, autêntica, única, não estar necessariamente em moda ou ser magrinha.

Talvez daqui por 50 anos todas as mulheres de todo o mundo vestir-se-ão da mesma maneira. Por isso espero que o meu projeto funcione como um testemunho das culturas e tradições do meu tempo.

O meu objetivo é continuar por muitos anos a estudar a beleza em todos os países do mundo, se possível, fazendo deste Atlas um projeto conhecido em todo o mundo e uma fonte de inspiração para as mulheres que procuram ser elas mesmas. 

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Ofereça este artigo a um amigo

Enquanto assinante, tem para partilhar este mês.

A enviar artigo...

Artigo oferecido com sucesso

Ainda tem para partilhar este mês.

O seu amigo vai receber, nos próximos minutos, um e-mail com uma ligação para ler este artigo gratuitamente.

Ofereça artigos por mês ao ser assinante do Observador

Partilhe os seus artigos preferidos com os seus amigos.
Quem recebe só precisa de iniciar a sessão na conta Observador e poderá ler o artigo, mesmo que não seja assinante.

Este artigo foi-lhe oferecido pelo nosso assinante . Assine o Observador hoje, e tenha acesso ilimitado a todo o nosso conteúdo. Veja aqui as suas opções.

Atingiu o limite de artigos que pode oferecer

Já ofereceu artigos este mês.
A partir de 1 de poderá oferecer mais artigos aos seus amigos.

Aconteceu um erro

Por favor tente mais tarde.

Atenção

Este artigo só pode ser lido por um utilizador registado com o mesmo endereço de email que recebeu esta oferta.
Para conseguir ler o artigo inicie sessão com o endereço de email correto.