Portugal vai participar em 2015 com um avião P-3 Oríon, que efetuará “missões mensais, com a duração aproximada de oito horas de voo cada”, na missão da NATO “Active Endeavour”, de patrulhamento e combate ao terrorismo no Mediterrâneo.

Segundo o despacho, assinado pelo ministro da Defesa e publicado esta sexta-feira em Diário da República, este empenhamento da aeronave da Força Aérea está previsto para todo o ano de 2015.

A operação “Active Endeavour” foi lançada pelos países aliados imediatamente após os ataques terroristas de 11 de setembro de 2011, às “Torres Gémeas” de Nova Iorque, nos Estados Unidos.

O combate ao terrorismo e a vigilância de navios no Mar Mediterrâneo são os principais objetivos desta missão.