O Governo quer vender o Novo Banco até ao verão. Para tal, definiu até sexta-feira passada, dia 20, o prazo para a apresentação das propostas para a aquisição do banco que ficou encarregue da herança boa do BES. Para já, os candidatos conhecidos são Santander, Fosun, Apollo, BPI e Anbang Insurance Group, avança o Jornal de Negócios. O diário informa ainda que as ofertas preveem a entrada de capital para garantir a fluidez e a solidez da instituição.

Ao todo, o Banco de Portugal avaliou 15 candidaturas, sendo já público que Banco Popular e BBVA desistiram da corrida. As propostas tiveram que respeitar alguns requisitos, como a referência ao objetivo de rácio de capital para o Novo Banco pós-aquisição, assim como o valor da proposta e o modelo de financiamento. O Jornal de Negócios informa ainda que nas propostas teria de estar descrita a natureza das relações das instituições candidatas com o BES.

Resta agora esperar pelo comunicado do Banco de Portugal, que informará quem seguiu para a segunda fase do processo de compra do Novo Banco. Esta segunda-feira, no entanto, o BdP deverá anunciar apenas o número de candidatos, segundo o Diário Económico. O objetivo passa por formar uma shortlist, a que se seguirá um convite aos candidatos para endereçarem uma proposta formal e concreta.