Pode ser o sinal que faltava para confirmar que já não estamos a falar de uma subcultura marginal. A arte urbana chegou ao gigante sueco da decoração e prepara-se para entrar em centenas de casas. Não é mentira: dia 1 de abril, a Ikea coloca à venda uma coleção de 12 posters de edição limitada desenhados por 12 street artists de diferentes pontos do mundo.

“A arte urbana é para todos apreciarem. É a forma de arte mais democrática que existe”, diz Henrik Most, diretor criativo da Ikea, que quis democratizar também esta colaboração definindo um preço igual para cada poster: 9,99€.

Se a acessibilidade é algo que esta iniciativa e arte urbana partilham, é um exercício inverso reparar como a coleção eterniza e multiplica uma intervenção que na maior parte das vezes é efémera, por estar inserida no espaço público. Outro contraste é a própria dimensão das pinturas: 70 por 100 centímetros, que na rua podem chegar a fachadas de vários andares.

Os posters vão estar à venda nas lojas de Alfragide, Loures e Matosinhos, e incluem fita adesiva de dupla face, se preferir deixá-los sem moldura. Pode ficar a conhecer 10, e os respetivos artistas, na fotogaleria.