Eleições Presidenciais

Mais um candidato a Belém. Agora é Paulo Morais

1.556

O professor universitário já tinha dado a entender que poderia ser candidato à Presidência da República, agora confirma a disponibilidade. Carvalho da Silva também já estará a preparar equipa.

Sidónio Félix / Global Imagens

O antigo vice-presidente da Câmara Municipal do Porto, Paulo Morais, é o mais recente candidato à Presidência da República. O professor universitário, garante que vai apresentar a candidatura a Belém na próxima semana.

A revelação é feita pelo próprio no artigo de opinião que assina no Correio da Manhã. Por lá, Paulo Morais diz que se tornará candidato no próximo dia 18 de abril.

A última vez que foi notícia nada teve a ver com corrupção, mas com a comissão de inquérito à gestão do Banco Espírito Santo e Grupo Espírito Santo. Paulo Morais, vice-presidente da associação Transparência e Integridade, Associação Cívica dizia estar na posse de documentos que identificavam os destinatários de empréstimos do BES Angola. Um documento que ninguém tinha. E continuaram a não ter.

Na sequência de declarações de Paulo Morais à Rádio Renascença, os deputados do PS e do PSD pediram ao professor universitário o anexo com os dados que dizia ter em sua posse. Nas voltas do correio, os documentos eram afinal artigos de opinião do próprio Paulo Morais e declarações na televisão. Além dos artigos, Paulo Morais escreveu numa folha 15 nomes de alegados beneficiários do BESA, escritos pelo próprio e com o selo timbrado da associação. Nada que pudesse servir à comissão de inquérito. Contudo, o professor universitário não baixou armas e respondeu aos deputados no Facebook: “Se não quiserem, não usem”. Não usaram, uma vez que a carta que enviou não tinha valor de prova.

Paulo Morais é professor universitário de estatística e matemática na Universidade Lusófona do Porto e foi vice-presidente da Câmara Municipal do Porto entre 2002 e 2005. Depois desses três anos como número dois de Rui Rio à Câmara do Porto dedicou-se à associação Transparência e Integridade e a comentários que faz com frequência na comunicação social sobre casos de corrupção. Paulo Morais já admitiu criar um partido e ser candidato também nas legislativas, mas com as movimentações para Belém, decidiu primeiro tentar a sorte nas eleições à Presidência da República, que decorrem apenas no próximo ano.

Paulo Morais é o terceiro nome a colocar-se na corrida a Belém. Oficialmente apenas Henrique Neto apresentou a sua candidatura, mas a candidatura de Sampaio da Nóvoa já está em marcha e poderá vir a ter o apoio do PS.

Outro nome com seta apontada à Presidência da República pode ser Carvalho da Silva. O ex-secretário-geral da CGTP é dado como candidato pela edição de hoje do Jornal de Notícias que conta que Carvalho da Silva já tem uma equipa no terreno a trabalhar numa candidatura. Além disso, conta o jornal, Carvalho da Silva terá endereçado convites a algumas pessoas para que possam integrar esse grupo de trabalho.

 

Todos queremos saber mais. E escolher bem.

A vida é feita de escolhas. E as escolhas devem ser informadas.

Há uns meses o Observador fez uma escolha: uma parte dos artigos que publicamos deixariam de ser de acesso totalmente livre. Esses artigos Premium, por regra aqueles onde fazemos um maior investimento editorial e que mais diferenciam o nosso projecto, constituem a base do nosso programa de assinaturas.

Este programa Premium não tolheu o nosso crescimento – arrancámos mesmo 2019 com os melhores resultados de sempre.

Este programa tornou-nos mesmo mais exigentes com o jornalismo que fazemos – um jornalismo que informa e explica, um jornalismo que investiga e incomoda, um jornalismo independente e sem medo. E diferente.

Este programa está a permitir que tenhamos uma nova fonte de receitas e não dependamos apenas da publicidade – porque não há futuro para a imprensa livre se isso não acontecer.

O Observador existe para servir os seus leitores e permitir que mais ar fresco circule no espaço público da nossa democracia. Por isso o Observador também é dos seus leitores e necessita deles, tem de contar com eles. Como subscritores do programa de assinaturas Observador Premium.

Se gosta do Observador, esteja com o Observador. É só escolher a modalidade de assinaturas Premium que mais lhe convier.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)