Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

Cristiano Ronaldo decidiu doar 7 milhões de euros à organização Save the Children que presta apoio às vítimas do terramoto ocorrido no Nepal há três semanas. O jogador de futebol do Real Madrid de 30 anos é embaixador da organização, conta a publicação Vanitatis e decidiu ajudar os nepaleses que esta terça-feira foram vítimas de outro sismo, agora com uma magnitude de 7,3 na escala de Richter.

De acordo com a publicação Onze Mundial, o dinheiro doado será aplicado na reconstrução das casas das vítimas na cidade de Katmandu.

O sismo de magnitude 7,8 que atingiu o Nepal a 25 de abril tirou a vida a 8.000 pessoas e fez cerca de 14.000 feridos. A catástrofe deixou a cidade de Katmandu, capital nepalesa, gravemente destruída.

Esta terça-feira deu-se um novo sismo na região, agora a leste da cidade (o anterior teria sido a oeste). Ainda não há um número certo de vítimas mortais. Até agora contam-se pelo menos 42 mortos e mais de 1.000 feridos, segundo o jornal The Guardian.

CR7 já tem um histórico de filantropia: em 2011 vendeu a sua Bota de Ouro para angariar fundos para ajudar as crianças na Faixa de Gaza. Noutras ocasiões menos mediatizadas, Cristiano Ronaldo tem ajudado os mais necessitados, dedicando parte do seu tempo e dinheiro a atividades solidárias, escreve a publicação Vanitatis.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR