A Parque Expo já formalizou com o Estado Português a venda do Pavilhão de Portugal e da Praça Cerimonial, segundo um comunicado da CMVM.

A entrega dos dois imóveis ao Estado Português serve para a liquidação parcial da dívida do Parque Expo. O valor total da operação é de 12,985 milhões de euros.

Esta operação insere-se no âmbito de uma decisão divulgada no passado dia 23 de fevereiro.

Também o Oceanário de Lisboa foi entregue ao Estado, que agora deverá avançar com um modelo de “concessão da atividade de exploração e administração”. A família Soares dos Santos (do grupo Jerónimo Martins, detentor do Pingo Doce) é um dos interessados.

Ainda é desconhecido o que o Estado Português fará com a Praça Cerimonial e com o Pavilhão de Portugal. O Parque Expo tem até 2016 para finalizar o processo de liquidificação de dívida.