O surfista australiano Mick Fanning foi atacado por um tubarão branco este domingo, na final da etapa de J-Bay do Circuito Mundial de Surf, na África do Sul. O australiano disputava o título com Julian Wilson quando sentiu a aproximação do tubarão. A reação foi a esperada: um susto de morte e murros desesperados para tentar afastar o animal. O surpreendente foi que se afastou mesmo, e o surfista saiu ileso. Só a prancha ficou danificada.

O surfista estava sentado na prancha à espera de ondas quando tudo aconteceu. O momento foi registado em vídeo:

O susto só não foi maior e mais trágico porque o tubarão, ao tentar atacar o surfista, acabou por apanhar a corda que prendia a perna de Fanning à prancha, mordendo a corda e a parte de trás da prancha.

As equipas da organização da prova apressaram-se a ir ao encontro do surfista, tricampeão mundial, e de Julian Wilson, que entretanto tinha apanhado uma onda, e conseguiram tirar rapidamente os dois atletas da água. A prova foi imediatamente suspensa, não havendo ainda certeza sobre se retoma amanhã (se as condições de segurança estiverem garantidas) ou se termina assim mesmo, com um empate.

Visivelmente abalado, Mick Fanning chegou a falar aos jornalistas momentos depois de ter sido resgatado da água, onde explicou como tudo se passou: “Senti alguma coisa a agarrar na corda que tinha na perna. O tubarão bateu na minha prancha e de repente estava ali, ao meu lado. Senti-me como se me tivessem dado um pontapé, acho que lhe dei dois socos para me livrar”, disse.