437kWh poupados com o Logótipo da MEO Energia Logótipo da MEO Energia
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Reduza a sua pegada ecológica.
Saiba mais

Logótipo da MEO Energia

Adere à Fibra do MEO com a máxima velocidade desde 29.99/mês aqui.

Cristiano Ronaldo, o sem-abrigo, abandona entrevista à CNN

Este artigo tem mais de 5 anos

O jogador foi aos EUA lançar uma nova linha de auscultadores. Numa entrevista à CNN não gostou de perguntas sobre a FIFA e disse um palavrão. Depois divulgou o vídeo completo em que faz de sem-abrigo.

Há cerca de um mês, Ronaldo já tinha abandonado uma entrevista, mas por se irritar com os seus assessores.
i

Há cerca de um mês, Ronaldo já tinha abandonado uma entrevista, mas por se irritar com os seus assessores.

Rui Oliveira/Global Imagens

Há cerca de um mês, Ronaldo já tinha abandonado uma entrevista, mas por se irritar com os seus assessores.

Rui Oliveira/Global Imagens

Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

A FIFA já o elegeu três vezes como o melhor jogador do mundo, mas Cristiano Ronaldo não quer fazer declarações sobre as polémicas em redor da entidade que lhe deu os títulos. Numa entrevista à CNN, o jornalista quis saber a opinião do jogador do Real-Madrid sobre a realização do Mundial em 2022, no Qatar, mas Ronaldo não gostou. Quando Andres Oppenheimer lhe fez a pergunta, Ronaldo ficou impaciente e não deixou espaço para mais conversa:Não posso falar assim. Isto é “bullshit”. Falar sobre a FIFA, não quero saber da FIFA nem do Qatar… “I don’t give a fuck”.

Depois de se mostrar desagradado com as questões escolhidas pelo jornalista, Cristiano Ronaldo abandonou o estúdio, visivelmente impaciente.

Há cerca de um mês, Cristiano Ronaldo já tinha abandonado uma entrevista. Dessa vez, a impertinência foi com o seu assessor – que dava indicações para que o melhor do mundo não respondesse a uma pergunta sobre o seu colega de equipa, Sérgio Ramos. Ronaldo não gostou e despediu-se, educadamente, do jornalista antes de abandonar o estúdio.

Leia a transcrição da entrevista da CNN:

Andres Oppenheimer (AO): Cristiano, muito obrigado por estar aqui connosco. Antes de lhe perguntar sobre a linha de auscultadores que veio lançar aos Estados Unidos, temos de lhe perguntar sobre um assunto mediático: o escândalo de corrupção que envolve a FIFA. Como é que este escândalo afeta, na prática, o futebol? Preocupa-se com isso?

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Cristiano Ronaldo (CR): Quer que seja honesto? Não me preocupa de todo. Faço a minha profissão, o meu trabalho, dou tudo ao meu clube. O resto não me interessa. Não quero saber o que acontece fora disso

AO: E os seus colegas de equipa?

CR: Não sei. Tem de falar com eles. Não sei, não posso responder por todos.

AO: Mas, não me diga que vocês não falam sobre isso no balneário.

CR: Quer saber a verdade? Não falamos sobre isso.

AO: De todo?

CR: Não falamos de todo. Falamos de outras coisas.

AO: Falam sobre quê?

CR: Sobre música, mulheres, moda, sapatos, fatos e malas, sobre jóias, cortes de cabelo… quer que faça uma lista?

AO: Sabe, não acredito em si. É difícil de acreditar. Cristiano, o mundo inteiro está a falar sobre isso.

CR: Sim, mas pessoalmente, não falo sobre isso.

AO: Cristiano, um dos assuntos que as pessoas têm falado é sobre o Mundial no Qatar. Muitas personalidades do desporto dizer que para jogar…

Voz ao fundo: Ok, isto não é…

CR: Isto é, isto é… “bullshit”

Voz ao fundo: Estamos a tentar falar sobre…

CR: Não posso falar assim. Isto é “bullshit”. Falar sobre a FIFA, não quero saber da FIFA nem do Qatar… “I don’t give a fuck”. Que quer que eu faça? Fala sobre produtos, fala sobre a FIFA… por favor. (Levanta-se e abandona o estúdio).

Cristiano Ronaldo como sem abrigo

Por causa da tal nova linha de auscultadores que foi aos Estados Unidos lançar, Cristiano Ronaldo criou há algum tempo uma campanha em que interpreta o papel de um sem-abrigo. Parte dela já era conhecida (talvez se lembre das imagens que correram mundo, em que um Ronaldo disfarçado acaba por se revelar ao dar um autógrafo a um miúdo no centro de Madrid). Agora, o vídeo completo, com cerca de 4 minutos, foi partilhado na página de Facebook do jogador.

A legenda? “As pessoas vão pensar que estou louco”, escreveu Cristiano. Ora, veja o vídeo:

A página está a demorar muito tempo.

Ofereça este artigo a um amigo

Enquanto assinante, tem para partilhar este mês.

A enviar artigo...

Artigo oferecido com sucesso

Ainda tem para partilhar este mês.

O seu amigo vai receber, nos próximos minutos, um e-mail com uma ligação para ler este artigo gratuitamente.

Ofereça artigos por mês ao ser assinante do Observador

Partilhe os seus artigos preferidos com os seus amigos.
Quem recebe só precisa de iniciar a sessão na conta Observador e poderá ler o artigo, mesmo que não seja assinante.

Este artigo foi-lhe oferecido pelo nosso assinante . Assine o Observador hoje, e tenha acesso ilimitado a todo o nosso conteúdo. Veja aqui as suas opções.

Atingiu o limite de artigos que pode oferecer

Já ofereceu artigos este mês.
A partir de 1 de poderá oferecer mais artigos aos seus amigos.

Aconteceu um erro

Por favor tente mais tarde.