Lizzie Velásquez nunca teve uma vida normal. A norte-americana de 27 anos nasceu com uma doença rara que a impede de pesar mais de 30 quilos. Passou a infância em médicos, já realizou cirurgias oculares e ósseas e é parcialmente cega. A situação piorou quando aos 17 anos descobriu que era conhecida como “a mulher mais feia no mundo” num vídeo do Youtube por ser excessivamente magra.

“Matem-na com fogo” e “Faz um favor a todos e morre” eram alguns dos comentários à adolescente nas redes sociais. Contudo, apesar do ódio, Velásquez não se deixou intimidar. A jovem aproveitou a “popularidade” da sua cara e criou um canal próprio no Youtube para explicar a doença e desafiar as pessoas a definir o conceito de beleza. Os atacantes anónimos foram desaparecendo aos poucos e o canal de Velásquez tornou-se uma plataforma para a promoção da tolerância e da autoconfiança.

Em 2015, a “mulher mais feia do mundo” torna-se uma cineasta 

Velásquez é o foco e a diretora executiva do novo documentário “A Brave Heart: The Lizzie Velásquez Story”, que relata a vida e o impacto que tem no mundo. O filme já foi exibido no festival SXSW 2015 (South by Southwest) e tem sido muito bem recebido pelos críticos. O The Huffington Post considera o documentário como um dos 28 filmes a não perder este ano.

No filme, a jovem explica o motivo da aparência esquelética. Chama-se lipodistrofia e é uma doença muito rara que provoca a degeneração e a distribuição anormal do tecido adiposo. Dito de forma simples: a condição de Velasquez impede o corpo de gerar gordura corporal e é tão rara que apenas existem outros três casos no mundo inteiro. O sonho de muitas mulheres de “comer sem engordar” é um pesadelo diário para Velásquez. É obrigada a alimentar-se a cada 15 minutos para manter níveis de energia suficientes e tem de ter muito cuidado com as quedas porque qualquer descuido pode provocar lesões graves.

Ódio como fonte de inspiração

A norte-americana explicou, numa entrevista ao Daily Mail, que foi capaz de ignorar os comentários ofensivos pois “são apenas palavras”. Atualmente, Velásquez é uma oradora conhecida das TED Talks e viaja pelo mundo para contar a sua história. Os seus discursos inspiram milhares e é agora chamada a “mulher mais bonita do mundo”.

“A Brave Heart” chega às salas de cinema a 25 de setembro de 2015. Ainda não é certo se será lançado em Portugal, mas Velásquez quer disponibilizar uma versão gratuita no seu canal no Youtube até ao final do ano.

Veja o trailer: