Rui Machete, ministro dos Negócios Estrangeiros, juntamente com o embaixador de Portugal em Angola estão a tentar uma visita bilateral a Luaty Beirão, o rapper que tem dupla nacionalidade e foi preso por oposição ao regime de José Eduardo dos Santos. O luso-angolano está há 29 dias em greve de fome depois de os tribunais angolanos não respeitarem os prazos legais para se pronunciarem sobre o seu caso.

O Diário de Notícias avança esta segunda-feira que Rui Machete e a embaixada de Portugal em Angola estão a tentar uma visita bilateral a Luaty Beirão e se mantêm em contacto com os familiares do rapper. O embaixador de Portugal em Luanda, João Câmara, visitou este fim-de-semana Luaty Beirão com outros representantes de vários Estados-membros da UE. A embaixada afirma que o rapper está lúcido, a falar e está a ser “bem acompanhado em termos médicos”.

Outro dos presos detido na mesma noite que Luaty Beirão, após uma manifestação pacífica, Nelson Dibango, está também em greve de fome desde 9 de outubro.