Depois do primeiro discurso em Vila Velha de Rodão, o take two. É em Vila Real, numa sessão pública organizada pelo líder do PS local no próximo sábado, noticia a agência Lusa. O ex-primeiro-ministro José Sócrates discursa a convite dos autarcas e dirigentes socialistas transmontanos, numa intervenção onde se espera que fale sobre o seu futuro político – além do futuro político do país.

Em todo o caso, caberá a José Sócrates escolher o tema da sua intervenção, confirmou à agência Lusa o presidente do PS-Vila Real e também presidente da Câmara de Vila Real, Rui Santos. “Esperamos, naturalmente, que nos fale sobre a sua experiência no último ano, do atual momento político, mas também sobre o seu futuro político. José Sócrates é um homem carismático, uma força da natureza e ele próprio já afirmou que mantém intactos todos os seus direitos políticos”, disse.

O convite feito ao ex-primeiro-ministro partiu “de um conjunto de autarcas e de dirigentes socialistas” da região de Vila Real. “Vai ser com muito gosto que o recebemos em Vila Real. Enquanto primeiro-ministro entre 2005 e 2011, reconhecemos o excelente trabalho que fez por Trás-os-Montes, quer em investimento material, quer em investimento imaterial”, acrescentou o presidente da câmara, citado pela Lusa. 

O discurso em Vila Real surge duas semanas depois de, no dia 24 de outubro, Sócrates ter participado numa sessão pública em Vila Velha de Rodão, Castelo Branco, onde falou de justiça e de política, assim como do ponto onde as duas se trocam. “Basicamente, parece-me muito pobre, parece-me desesperadamente pobre o argumento segundo o qual à justiça o que é da justiça e à política o que é da política”, disse na altura, criticando aquela que foi a tese sempre defendida pelo líder do PS para tratar do seu caso.

A sessão de Vila Real será assim a segunda de José Sócrates desde que deixou de estar sujeito a prisão domiciliária no âmbito da Operação Marquês.

Será um sábado movimentado para os socialistas, com Sócrates em Vila Real e Francisco Assis na Mealhada.

Entrevista na TVI dia 21

Entretanto, a entrevista de José Sócrates à TVI já tem nova data: será dia 21 de novembro, um sábado, no fim do Jornal das 8. Uma data emblemática para o ex-primeiro ministro: faz um ano que foi detido no âmbito da Operação Marquês, ao aterrar em Lisboa proveniente de Paris, numa sexta-feira, ao final da noite.

A entrevista de José Sócrates à TVI, estação com a qual se comprometeu, esteve prevista para dia 22 de outubro, mas 0 ex-primeiro-ministro decidiu adiá-la. Será a primeira vez que responderá pessoalmente a perguntas dos jornalistas depois de ter saído da prisão de Évora a 4 de setembro e de ter sido colocado em liberdade sob termo de identidade e residência (TIR), a 16 de outubro, na sequência do fim de segredo de justiça interno do processo, decretado pelo Tribunal da Relação de Lisboa. Até então, as suas várias intervenções nos media foram sempre feitas por escrito.

Dia 21 de novembro seria também o prazo para o Ministério Público proferir acusação neste processo, caso ainda existissem arguidos detidos. Como não é o caso, a dedução de acusação (ou a decisão de arquivamento, que não parece colocar-se) pode acontecer antes ou depois dessa data.