A população de Macau atingiu, no final de setembro, as 643.100 pessoas, mais 200 que no trimestre anterior, impulsionada pelo aumento dos trabalhadores não-residentes e pelos nascimentos, indicam dados oficiais divulgados esta terça-feira.

No terceiro trimestre do ano nasceram 1.819 crianças, o que representa um aumento trimestral de 9,4%. No acumulado dos primeiros nove meses do ano, Macau registou 5.193 nascimentos, menos 81 em relação ao período homólogo de 2014.

Os óbitos aumentaram tanto no trimestre como no acumulado do ano: registaram-se 490 entre julho e setembro, mais 10 que no período anterior, e 1.512 entre janeiro e setembro, mais 60 que nos mesmos meses de 2014.

As principais causas de morte foram tumores, doenças do aparelho circulatório e doenças respiratórias.

No final de setembro, Macau tinha 180.751 trabalhadores não residentes, mais 228 face ao trimestre anterior. Quanto a autorizações de residência, foram emitidas 405 entre julho e setembro, mais 20 em termos trimestrais.