Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

Leonardo DiCaprio fez parte de um filme que (quase) ninguém viu. Há cerca de 20 anos, interpretou uma das personagens de Don’s Plum, um filme do circuito alternativo que retratava a vida de um grupo de amigos adolescentes, com um guião sobre sexo, mulheres e “partidas grosseiras”. O problema é que DiCaprio nunca quis que o filme viesse a público nos Estados Unidos e no Canadá. E conseguiu – até à ultima terça-feira, conta o El País.

O realizador Rd Robb disponibilizou o filme realizado entre 1995 e 1996 na internet, mas 24 horas já não se encontrava disponível. De acordo com a imprensa internacional, o guião do filme mostra “personagens más, egoístas e irritantes” e a maior parte dos diálogos são improvisados. E além de DiCaprio, também aparece no filme Tobey Maguire (que interpretou “Homem-Aranha” em 2002).

O realizador e o produtor David Stutman iniciaram um processo contra os atores na altura, afirmando que tinham levado a cabo uma “campanha fraudulenta e coerciva” para evitar a estreia do filme, porque tinham “receio do resultado da sua atuação improvisada”. Contudo, acabaram por comprometer-se em não estrear o filme nos Estados Unidos e no Canadá.

Entretanto, mudaram de opinião e em dezembro, lançaram uma campanha online com uma carta aberta a Leonardo DiCaprio, pedindo-lhe que retirasse a sua oposição em relação ao filme.

O filme terá sido realizado antes de o ator desempenhar um dos papéis principais no filme que o levou ao estrelato, o Titanic. Leonardo DiCaprio é um dos candidatos ao Óscar para melhor ator de 2016, pela interpretação que faz em “The Revenant: O Renascido”, realizado pelo mexicano Alejandro González Iñárritu, que, em 2014, também realizou “Birdman”, que acabou por vencer o Óscar de melhor filme desse ano.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR