O ex-futebolista holandês Ruud van Nistelrooy vai deixar o cargo de adjunto do selecionador da Holanda para iniciar carreira de treinador nos escalões de formação do PSV, anunciou o clube no seu sítio na internet.

O antigo jogador de PSV, Manchester United e Real Madrid, deixará de exercer funções na equipa nacional holandesa como assistente técnico de Danny Blind para assumir-se como treinador principal das categorias base do PSV, clube que representou durante três anos.

Ruud van Nistelrooy, que terá a seu cargo a equipa B1 do PSV, formada por jogadores entre os 17 e 19 anos, mostrou-se “entusiasmado” com o novo trabalho e com a “experiência valiosa” que significa na sua evolução como treinador. (Corrige segundo parágrafo: o selecionador da Holanda é Danny Blind e não Guus Hiddink).

Marcel Brands, diretor técnico do PSV, deu conta da sua “satisfação e orgulho” pela chegada de Van Nistelrooy e destacou a importância que o clube dá ao contributo de antigos futebolistas que são referências para os jovens e cuja experiência é muito importante na formação.