“Foram encontrados dentro de dois sacos entre 12 e 15 quilos de explosivos e quatro cintos que podiam ser usados em ataques suicidas”, revelou o exército turco, num comunicado.

O grupo de 34 pessoas (quatro homens, dez mulheres e 20 crianças) foi interpelado na terça-feira à noite em Karkamis, sudeste da Turquia, na fronteira com a Síria, segundo o mesmo comunicado, que não dá mais pormenores.

A 12 de janeiro, um atentado reivindicado pelo grupo extremista Estado Islâmico matou 11 turistas alemães em Istambul.

Em outubro do ano passado, outro atentado suicida fez 103 mortos em Ancara, naquele que foi o ataque com mais vítimas mortais em solo turco até hoje.