Aníbal Cavaco Silva termina o segundo mandato como Presidente da República dia 9, pondo fim a mais de três décadas de política ativa. O Observador vai assinalar com vários trabalhos a saída de cena do social-democrata que foi ministro das Finanças, primeiro-ministro com duas maiorias absolutas e que se tornou o primeiro Presidente da República de direita.

A partir deste sábado e até dia 5 de março, publicaremos vários artigos, depoimentos em vídeo (de António Vitorino a Rui Rio), análises, os sons mais marcantes do cavaquismo e as fotos icónicas – lembra-se do Citroën e do avental da campanha de 1991?