O presidente do Sporting, Bruno de Carvalho, relembrou os adeptos do clube que o objetivo é “chegar a maio e vencer,” ao invés dos leões serem “campeões de inverno”.

“Quanto aos sportinguistas mantenho o que tenho dito. Não nos interessa ser campeões de inverno, queremos chegar a maio e vencer. Faltam nove jornadas e temos de manter a Onda Verde sempre em crescendo”, escreveu, no seu Facebook.

Um dia depois da derrota caseira 0-1 com o Benfica, que ainda por cima custou a perda de liderança do campeonato para o ‘eterno rival’, o responsável frisou que “os campeões não são feitos de euforias e depressões, mas de crenças, vontade, trabalho e paixão!”.

“Iremos manter a qualidade do nosso trabalho e colocar em cada jogo o Esforço, Dedicação e Devoção que no final nos traga a merecida Glória!”, reforçou.

Por isso, espera que os adeptos mantenham o “apoio constante” que, em seu entender, os torna nos “melhores do mundo”, recordando que “a tristeza faz parte da vida e só fica triste quem tem expectativas e crenças”.

“Estarmos tristes é sinal que estamos no caminho certo pois significa que estamos mais exigentes, mais confiantes e isso acontece porque vêm em cada jogo a vontade e a qualidade da equipa. É tempo de continuarmos a deixar os outros falar e mantermos o foco nos nossos objetivos”, frisou.

Bruno de Carvalho entende que sábado o Sporting “podia ter ganhado facilmente”, assumindo que, com a sua opinião, não pretende “menosprezar” o treinador Rui Vitória, por quem diz nutrir “simpatia”, nem os jogadores do Benfica, apenas estando a “dizer a verdade”.

Queixou-se também do empate em Guimarães (0-0), no que classificou de “bom jogo” do Sporting.