O ator norte-americano George Clooney afirmou neste domingo que os milhões de dólares angariados para campanhas nas eleições presidenciais nos Estados Unidos são uma soma “obscena”.

Em entrevista à NBC, George Clooney, que apoia a candidatura democrata de Hillary Clinton à Casa Branca, disse concordar com o opositor desta, Bernie Sanders, que disse ser uma obscenidade a quantidade de dinheiro que é angariada em campanhas políticas.

“Tenho sido um grande apoiante dela, mas há uma coisa que eu tenho que dizer: Eu gosto do [candidato democrata] Bernie [Sanders] e acho que o que ele tem dito nesta eleição é importante para quem é democrata”, disse George Clooney.

Na sexta-feira e no sábado, o ator norte-americano foi o anfitrião de dois jantares de apoio a Hillary Clinton, em São Francisco e em Los Angeles, nos quais terá angariado mais de 15 milhões de dólares (13,2 milhões de euros), com cada convidado a contribuir com cerca de 350.000 dólares (309.000 euros).

“Sim, eu acho que é uma quantidade obscena de dinheiro. (…) Quando fala disso, a campanha de Sanders está absolutamente certa. É ridículo que tenhamos esta quantidade de dinheiro na política”, admitiu o ator.

Ao contrário de Hillay Clinton, a campanha eleitoral de Bernie Sanders tem contado com apoios financeiros mais parcos, com o candidato a dizer que em média recebe 27 dólares (23 euros) por apoiante.