O site Hollywood Report avançou que Madeleine Lebeau morreu aos 92 anos. A atriz faleceu a 1 de maio em Estepona, Espanha, depois de ter partido o fémur, mas a notícia foi revelada apenas este sábado através do seu enteado, o realizador Carlo Alberto Pinelli.

Lebeau era a última “sobrevivente” do filme Casablanca, com o qual ganhou notoriedade no papel de Yvonne, amante de Richard Blane, personagem interpretado por Humphrey Bogart. Lebeau é lembrada pelos fãs do filme pela sequência em que grita, com lágrimas nos olhos, “Vive la France”, enquanto membros da resistência francesa em Marrocos cantam a “Marseillaise”.

https://www.youtube.com/watch?v=KbQpEPpCtnY

Lebeau nasceu em 1923, em Hauts-de-Seine, próximo de Paris. Em 1940, partiu para os Estados Unidos com o seu então marido, o ator Marcel Dalio, para fugir das perseguições nazis no contexto da Segunda Guerra Mundial.

Após Casablanca, Lebeau atuou nos títulos Paris After Dark e Music for Millions. Com o fim da guerra, retornou à França onde continuou a sua carreira em diversas produções europeias. A atriz participou do filme 8½, de Federico Fellini, em 1962, e 25 anos depois, casou-se com um dos seus guionistas, Tullio Pinelli.